Facebook Hamamélis
  • Selo de Saúde em Dia

  • Selo de Processo Qualificado

  • Farmacêutico Qualificado - Diabetes

8ª Convenção e Feira de Negócios da Rede Farmácias Associadas – 01/11/13

Projeto de descarte correto de medicamentos

As boas iniciativas lançadas pelas farmácias que integram o time de craques da Rede Associadas receberam o devido reconhecimento na manhã de sábado, quando representantes dos três finalistas apresentaram os projetos que concorreram na segunda edição do Prêmio Pedro Zidoi.

Nesse momento, o enorme telão de led instalado no Hotel Continental refletiu os desafios vencidos por aqueles que alcançaram o objetivo de fazer alguma diferença para as suas comunidades. Além do retorno econômico, são projetos que proporcionam um relacionamento mais próximo da farmácia com os clientes e resgatam valores humanos embutidos nos trabalhos desses profissionais que, antes de tudo, cuidam da saúde das pessoas.

Foram 12 os inscritos este ano. Os R$ 3 mil destinados ao primeiro colocado foram para Antônio Veiga Junior, da Farmácia Hamamelis que, em três cidades do interior gaúcho, desenvolveu um projeto de coleta seletiva de medicamentos vencidos. Os outros dois finalistas foram premiados com um tablet.

 

Conheça os projetos finalistas

1º lugar
Antônio Veiga Júnior e Mirele Freiberger
Farmácia: Hamamelis Manipulação
Projeto: Descarte Cidadão
Cidades: Bom Princípio, Feliz e Vale Real

O objetivo é conscientizar a população das três cidades, que somam cerca de 30 mil pessoas, a fazer o descarte correto dos medicamentos vencidos.

Depois de sensibilizar a própria equipe, a Hamamelis buscou apoio junto ao poder público, ao Conselho Regional de Farmácia e aos parceiros comerciais. Problemas de comunicação impediram o resultado almejado inicialmente e uma nova estratégia foi adotada. O público-alvo passou a ser as crianças e a Hamamelis foi até a escola. Cartilhas, histórias em quadrinhos e até uma mascote, a Flora, foram criados para informar as pessoas sobre os malefícios do descarte errado de medicamentos. Hoje, além das atividades nas escolas, o Descarte Cidadão capacita profissionais da rede de saúde das três cidades e é constantemente tema de reportagens na imprensa regional. "Tudo isso mudou a imagem da farmácia junto à comunidade", afirma Veiga Júnior, que já contabilizou pelo menos 110 quilos de medicamentos recolhidos pelo projeto.

 

Fonte: http://www.abcfarma.org.br/noticias/premio-pedro-zidoi-ganhadores.html